terça-feira, 21 de junho de 2011

Hoje estou um pouco deprimida




Como sabem eu faço voluntariado no Hospital, e hoje quando lá cheguei fui logo ter com uma doente que já lá está á 3 meses, é uma Senhora que tem alzaimer e é diabética, o motivo que ela se encontra ali foi cortar um dedo do pé.Mas hoje quando fui ao pé dela fiquei tão triste que até chorei, a Senhora chorava com dores tinha um ar de sofrimento, que nunca irei esqueçer aqueles olhos a pedirem-me ajuda.Chamei a enfermeira e contei-lhe o sucedido ela foi logo tratar de lhe minimizar a dor, entretanto eu fui-lhe passando uma compressa molhada no rosto, para a acalmar, passado um pouco ela acalmou olhou para mim e sorriu agarrou-me na mão e adormeceu.Passado isto eu escostei a minha cabeça á dela e chorei, estava tão nervosa, mas neste momento estou bem senti-me muito útil, cumpri o meu dever estou tranquila.
Entretanto eu tenho andado com uma dor no peito que se arrasta pelo braço esquerdo, e hoje uma enfermeira meteu.-me medo, poderia ser coração levei um susto fui a CUF fiz análises e eletrocardiograma, e graças a Deus estava tudo bem é uma tendinite paguei 200 euros gaita fiquei logo boa.
Agora deixo-vos com algumas fotos dos meus anos, sim fiz anos no dia 11 eu sei que deveria ter posto aqui mas não tive tempo, a minha Matilde está no México de férias e eu estou a morrer de saudades, beijinhos a todas

9 comentários:

Lina Querubim disse...

Parabéns atrasados aqui no blog :p contes muitos com saúde e junto de quem amas!!!!!!!!! Beijokas grandes

Lina Querubim disse...

O voluntariado tem dessas coisas...tem que se ter muito poder de encaixe para não sofrer!

Heloísa disse...

Parabéns pelo aniversário e pelo voluntariado tão carinhoso.
Imagino suas saudades. Mas o tempo passa rápido.
Beijo.

Beth/Lilás disse...

Minha amadinha Gaby, meus parabéns, que a vida lhe sorria sempre e tenhas sempre muita saúde e esta alegria contagiante, assim como este coração tão bonito e bondoso!
Fiquei com olhos marejados d'água a pensar na pobre senhorinha, pois minha mãe começa a apresentar esta doença tão difícil, mas pelo menos tem o apoio diário de minha irmã que cuida dela muito bem.
Ainda bem que existem pessoas como você, para numa hora dessas, dar um abraço, ficar junto, mostrar compaixão. É tudo o que ela precisava naquele momento.
Obrigada por existir.
beijos cariocas

angelina disse...

Gaby
deve ser mesmo difiçil ver o sofrimento das pessoas que estão doentes mas graças a Deus tambem à anjinhos como tu e as enfermeiras
que estão presentes para ajudar no que for preçiso
beijinhos grandes

gabriela disse...

obrigada amiguinhas lindas beijokas grandes

Maria Pereira disse...

Qd somos pessoas de bem como a Gaby n é facil ver o sofrimento dos outros...

E as fotos estão lindas!!

Bjs mts

Maria Pereira disse...

Tive de voltar aqui para dizer q tb eu adorava mais uma criança lá em casa, quem me dera poder adoptar essa menina, sem duvida que seriam muito feliz connosco... Mas infelizmente esperei 8 anos para ter o Eduardo comigo e se esperasse mais outro já teria 50 anos e já não era possivel mais uma criança... Desejo realmente q ele encontre alguém que lhe dê mt amor e carinho

Um beijinho no teu coração lindo e bondoso

Um brasileiro disse...

ola. estive por aqui dando uma olhada. muito legal. gostei. apareça por la. abraços.